Carta do Presidente do CNE- Gestão 2002/2003 CL RAULINDO HEINZELMAN NAVES 
ao Past Presidente do CNE Gestão 2001/2002,
CL LUIZ ÁUREO DE ARAÚJO PERPÉTUO


Ao

CL LUIZ ÁUREO DE ARAÚJO PERPÉTUO
Presidente do CNE - Comitê Nacional dos Editores de Publicações Leonísticas
Rua XV de Novembro no 556, 15o cj 1501/1503
Fone (41) 223-1878
80020-924 – Curitiba – PR
www.geocities.com/cnelionsbrasil

Goiânia-GO, 17 de setembro de 2002.

Estimado Presidente LUIZ ÁUREO,

Em mãos, sua correspondência de 12 de setembro fluente, recebida hoje, enviada por e-mail do incomparável CL Carlos Eugênio de Melo.

O documento, firmado pelo ilustre Presidente do CNE, comunica-me, oficialmente, a impossibilidade, por motivos imperiosos de saúde, de o 1º Vice, CL Manoel Fernandes Trindade, assumir a Presidência, conforme programado há três anos, pela sucessão regular. Convoca-me, então, o CL Presidente para, na qualidade de 2º Vice, assumir a Presidência do CNE para o exercício de 2002/2003.

É conhecedor o estimado Presidente, pelos diversos contatos telefônicos, de minha nova situação profissional, com residência em Goiânia, Goiás, distante da sede de meu Lions Clube de Brasília Três Poderes. Além disto, afastei-me, após muitos anos de excessiva dedicação ao Leonismo, voluntariamente, das atividades tanto do Clube, como do Distrito LB-3 e do Múltiplo LB, em preparação do desligamento final. Este cenário passou a impossibilitar-me de aceitar qualquer compromisso leonístico, apesar dos constantes convites e pressões.

A decisão de desligamento definitivo foi, entretanto, estancada com a fundação da Academia Leonística Mineira e Brasiliense de Letras, em 1º de março de 2002, quando, como Acadêmico Efetivo Fundador, fui eleito Diretor da Revista da Academia, com a responsabilidade agregada de editá-la com regularidade. No último dia 14, em Uberlândia–MG, realizou-se a Assembléia de entrega dos diplomas e de ingresso de novos acadêmicos, em encontro do mais puro e verdadeiro Leonismo, do mais sincero e honesto companheirismo.

Em Uberlândia, em contato com antigos companheiros e assumindo encargos acadêmicos, tive a oportunidade de rever minha posição, decidindo retornar às lides leonísticas e aceitar a missão de presidir o CNE, tendo em mente, principalmente, os apelos do amigo e extraordinário CL Presidente do CNE e as recordações dos momentos de luta, ao lado dos expoentes da imprensa leonística, pela consolidação do Concurso Nacional e do próprio Comitê dos Editores, marcos únicos da união dos Leões brasileiros.

Aceito, portanto, antecipar meu mandato e assumir a Presidência do Comitê Nacional dos Editores no exercício de 2002/2003, desde que, cumprindo determinações estatutárias, seja, na Assembléia Geral Ordinária de setembro, conhecido o impedimento do 1º vice e seja votada a eleição do 2º vice para o cargo de Presidente.

Não detendo o tempo necessário para estruturar um programa de trabalho à frente do CNE, exponho ao conhecimento, crítica e apreciação de todos os Associados do CNE e de todos os Editores leonísticos do Brasil as seguintes metas, modestas, que pretendo perseguir, visando a consolidar o Comitê Nacional dos Editores, dando continuidade no extraordinário trabalho executado, com reconhecido êxito, pela gestão 2001/2002:

(1)      Dar continuidade nos trabalhos e metas da gestão anterior do Comitê, executando os projetos implantados e viabilizando os programados, em estreita relação com seus idealizadores, com envolvimento direto de todos os Vices Presidentes, como forma de perfeito comprometimento e unidade de ação.

(2)      Ampliar as ações e esforços no sentido de unir todos os responsáveis por edições de publicações leonísticas em torno do mesmo ideal de divulgar o Leonismo, mantendo os elos nacionais do movimento leonístico.

(3)      Reorganizar o quadro de Associados, renumerando as inscrições, com a eliminação dos números em branco e de clubes e pessoas não filiadas ao movimento leonístico, uma vez que, fundado em 1997, o CNE teve como função básica a inscrição unilateral.

(4)      Emitir diploma certificando a admissão e qualidade de Associado do Comitê Nacional dos Editores de Publicações Leonísticas.

(5)      Consolidar o Comitê como a grande Entidade Associativa dos Editores leonísticos brasileiros, com a admissão de todos os responsáveis por publicações leonísticas, em atuação ou não, e incentivando os atuantes a participarem anualmente do Concurso Nacional de Publicações Leonísticas.

(6)      Receber dos Editores aprovação para a absorção, como atividades principais do Comitê, do Concurso Nacional de Publicações Leonísticas e do Encontro Nacional dos Editores, na forma em que se realizam hoje, sem interferência e dando todo apoio e divulgação imprescindíveis e possíveis.

(7)      Editar a publicação “Imprensa Leonística”, limitada a informar exclusivamente sobre as ações do Comitê, do Concurso Nacional e dos editores no Brasil, incentivando os Lions Clubes e Distritos a divulgarem suas próprias matérias.

(8)      Editar, alternativamente, página de “Imprensa Leonística” nas duas Revistas THE LION brasileiras, desde que seus diretores-editores Áureo Rodrigues (CNE 5) e Zander Campos da Silva (CNE 116) aceitem e aprovem.

Assim, esperando contar com a união e a colaboração de todos os colegas Editores, manteremos levantada a bandeira hasteada por NEWTON FERNANDES, do Rio de Janeiro, e RUBENS BOTELHO GUIMARÃES, de Lorena, e firmemente amparada por JAIR ALVES PINTO, de Itapira, VICENTE PETINATI NETO, de São Paulo, JOÃO RODINI LUIZ, de Ribeirão Preto, e LUIZ ÁUREO DE ARAÚJO PERPÉTUO, de Curitiba, eternos Presidentes do Comitê Nacional dos Editores Leonísticos, a quem presto as maiores e merecidas homenagens.

Seja o ilustre Presidente portador de minha mensagem de congratulações ao Lions Clube de Pedregulho Usina de Estreito por ser anfitrião da Assembléia de Premiação do 28º Concurso Nacional e do 11º Encontro Nacional dos Editores, extensivamente ao CL José Gomes Duba das Chagas, Coordenador Geral do 28º Concurso Nacional de Publicações Leonísticas e ao CL Rolmes Medeiros de Carvalho, o grande vencedor do maior e mais expressivo certame leonístico brasileiro.

Agradecimentos, ainda, CL Presidente, ao Clube Anfitrião e ao Coordenador Geral por receberem e sediarem a Assembléia Geral Ordinária do Comitê Nacional dos Editores de Publicações Leonísticas, a principal atividade administrativa do CNE.

Saudações leonísticas,

CL RAULINDO HEINZELMAN NAVES (CNE 177)
DM ANA EULÁLIA DE SOUZA NAVES
Lions Clube de Brasília Três Poderes
2º Vice Presidente do CNE - Comitê Nacional dos Editores de Publicações Leonísticas